08 novembro 2011

DENÚNCIA: AGÊNCIA WHO


O FERVE tem conhecimento de que a agência WHO, situada em Lisboa, usa e abusa de falsos recibos verdes e inclui cláusulas abusivas nos contratos de prestação de serviços.

Esta agência recruta jovens talentos que, levados pela promessa de trabalho, acabam por assinar estes contratos. Ora, além disto, a agência raramente paga a tempo aos seus colaboradores e, em inúmero casos,  não paga de todo trabalhos efectuados em colaboração. Os trabalhadores acabam por se ver de mãos atadas para reclamarem os seus honorários.


40 comentários:

Anónimo disse...

e quando alguém tenta reclamar os seus direitos (que perante a agência são quase nulos)ainda se arriscam a que a polícia apareça para acompanhar para fora das instalações da agência, por considerarem que o colaborador está a ter um comportamento abusivo ao reclamar os seus direitos!

mimi disse...

posso dizer, sem anonimatos nem medos, que sou vítima desses contratos abusivos, vítima de dívidas absurdas, vítima de abuso de poder, de denúncias ridículas à PJ, de danos morais, de despesas com advogados, de muito tempo perdido, muito trabalho roubado. isto tudo, por ser apenas uma jovem criativa que acreditou ingénuamente que uma agência com tal nome seria uma mais valia no inicio de carreira.
Fechar a porta é pouco. a Who, tal como os seus responsáveis, deviam ser punidos de forma severa por se aproveitarem do trabalho de outros, e denegrirem a imagem das agências de talentos. ser criativo já não é fácil, havendo abutres deste género só o torna pior.

De resto, só posso aconselhar aos lesados neste processo que se cheguem à frente, nada há a temer* quando se tem razão do nosso lado. a cobardia e conivência de algumas vítimas de burlas deste género só faz com que estas situações continuem a acontecer prejudicando a comunidade criativa.

maria vidigal


* e temer o que? interrogatórios na PJ? tirando ter sido num dia de chuva e não ter levado chapéu, foi até uma experiência bastante esclarecedora e humorística.

Alain Gonçalves disse...

Nunca aceitei assinari contrato com aquela agência , sempre me recusei a fazê-lo, por considerar os referidos documentos que me apresentavam, escravizantes, leoninos e completamente abusivos. Desde Junho 2010, que não tenho qualquer vínculo com a Who, e a única coisa que infelizmente nos une é o dinheiro que vergonhosamente me devem. Várias acções judiciais, (inclusive a minha), estão a decorrer contra aquela empresa que não tem ética nem alma.

Anónimo disse...

Só espero que me venham bater à porta :) Sim também eu fiquei 9 meses à espera de um pagamento e depois como o cliente não tinha pago (diziam eles....) queria dividir o prejuizo.

Francisco Oliveira Bastos

Anónimo disse...

boas, aproveito para denunciar também a Newssearch que funciona de igual modo, até as entradas e saídas são controladas através de impressões digitais, se chegas um minuto atrasado tens de compensar esse mesmo minuto na hora de saída...a recibos verdes claro, denunciei o caso à Inspecção Geral do Trabalho, continuo à espera da resposta....pertence ao grupo YoungNetwork.

Cumprimentos

Anónimo disse...

Não podia concordar mais. A Who é a mais lucrativa e a menos profissional "agência de talentos" em Portugal. São inúmeros os roubos, as condutas muito pouco ou nada éticas e profissionais e a arrogância e ganância de quem manda na Who. Conseguiram, com mentiras e manhas, situar-se muito bem em vários mercados e "vendem" talentos a preços exorbitantes. O problema é que esses "talentos" recebem uma pequena percentagem - quando recebem - e são tratados como lixo. É triste, na perspectiva de ser um artista em Portugal com as condições precárias que já existem, ainda ter de passar pela vergonha de ter de fazer centenas de telefonemas e enviar outra centena de e-mails para receber o que é seu por direito. Lamento profundamente já ter estado ligado à Who e aconselho todos os criativos em Portugal, seja em que área for, a não aceitarem qualquer tipo de trabalho desta agência. Não pagam, não querem pagar, e enchem os bolsos ás nossas custas!

Anónimo disse...

Infelizmente como essa existem muitas! posso dizer que como designer trabalhei em vários sítios assim! o último ainda me deve uns bons trocos!!! Tristeza!

Sara disse...

Eu fiquei sem receber 1000€ de um trabalho que fiz para a Who em 2007. Dinheiro esse que, com certeza, a agência recebeu do cliente ou não teria feito a entrega do trabalho. Esquivaram-se durante meses, alegando que o cliente ainda não tinha pago, depois deixaram de responder a e-mails e telefonemas. Não imaginei que a situação fosse recorrente e que tanta gente estivesse na mesma situação. Estou a dar início a uma ação judicial também, que só peca por ser tardia.

Anónimo disse...

so mais um que me junto á festa, mas felizmente bastou um trabalho para perceber a raça da “WHO"

Anónimo disse...

Porquê tanta denúncia contra esta agência? Para além da questão dos recibos verdes, que mais tem feito para que tanta gente levante processos contra ela?
Atenção, não estou a defender a agência nem nada que se pareça, estou só a tentar entender, visto que desconhecia esta situação de uma agência que pensava ser "séria".. :/

Anónimo disse...

Ora bem, acabei de ler (melhor) o post. É de facto, revoltante! Espero sinceramente que seja feita justiça!

Anónimo disse...

Confirmo!! Infelizmente esta agência não só deveria fechar, como os seus responsáveis serem punidos severamente pela justiça! Ali há um autêntico lobo mascarado de cordeiro, que se aproveita dos novos talentos e vive literalmente à custa do dinheiro que estes dão a ganhar à agência, pois por medo do tal contrato abusivo ou simplesmente por cansaço acabam por desistir de lutar por aquilo que lhes é devido!! É UMA VERGONHA e penso que no estado em que o país está, já ninguém quer deixar que este tipo de empresas abusivas permaneçam incólumes!

Anónimo disse...

seria interessante que todos os lesados postassem aqui como a agência Who os enganou, mentiu, roubou e quanto lhes devem!
A verdade tem de ser divulgada, para que aquela gente de má fé não fique impune!

Anónimo disse...

Seria interessante que todos os lesados postassem aqui com factos concretos como a agência Who os enganou, mentiu, roubou e quanto lhes continua a dever!
Visto a dona da agência WHO ter perseguido com ameaças de falsas denúncias na PJ as suas próprias vítimas que apenas expunham a verdade num grupo do FB, gostaria agora de a ver tentar calar o FERVE.
Quem não deve não teme.
A verdade tem de ser divulgada, para que aquela gente de má fé não fique impune!

Anónimo disse...

também caí nessa esparrela dessa agência medíocre. passou um ano até receber o pagamento pelo trabalho que fiz para eles, e para isso foram necessários muitos emails e respostas pouco simpáticas... insistiram que para receber teria que assinar o contrato e enviar recibo (antes de fazerem a transferência do valor em questão). recusei assinar tal contrato e insisti MUITO para que escrevessem uma declaração que referisse única e exclusivamente o trabalho que fiz para eles, já que não era de minha vontade assinar tal contrato. a who insistiu durante muito tempo que eu tinha que assinar o contrato para receber o que me deviam, e chegaram até a referir que podia assinar e depois enviar uma carta a pedir para cancelar o contrato. enfim... levei a minha avante, e depois de muito os chatear, lá consegui a declaração que pretendia, e o meu pagamento. quem assinou tal contrato, que leia muito bem o que assinou e se livre o mais depressa possível dessa praga... e nunca enviem recibos sem receber primeiro o pagamento!

Anónimo disse...

qual questão dos recibos verdes?n qual é a dificuldade em perceber que o problema da Who é NÃO PAGAR? A Who não paga e quando paga paga mal, lucrando o dobro ou o triplo sem os criativos saberem!! sentam o cú no escritório e os "talentos" que se escravizem dias e noites para receber uma m**da!! é dificil entender? seja a recibos ou não, NÃO PAGAM. Fogem, não atendem telefonemas, não respondem a mails. São uns cobardes..daí tanta e tanta gente ter sido vítima desta suposta agência de talentos nacionais. Os nossos talentos tão bem é lá fora! É lá que dão cartas, que são valorizados e que são pagos e bem pagos a tempo e horas. O meu desejo é que esta denúncia ganhe projecção e que seja divulgada por todos. Acabem com a porcaria da Who de uma vez por todas. ALDRABÕES! LADRÕES!

António Segurado disse...

A mim ñ me queriam pagar. tive de lá ficar 7 horas, a justificar-me a dizer q ñ saía de lá enquanto n m pagassem. ja tinham passado os 3 meses e já me tinham assinado os recibos sem me pagarem. Só para me pagarem que ñ podia estar constantemente à espera, e que teria de deixar o caso ao meu advogado se ñ me pagassem ali na hora... lá me pagaram e pq lhes disse isto tudo e que estava a perder a confiança neles. Ainda me queriam agenciar.. obviamente lhes disso: se isto acontece na 1a experiencia c eles (para além de multiplas intrujices que sentimos depois de começarmos a trabalhar no projecto da delta q, onde até um grupo de facebook que criaram apagaram, porque começamos a manifestar-nos), imagino nas seguintes (apesar de já ter conhecimento de muitos casos em q deviam míseras quantias de trabalhos aos agenciados)... claro ñ n m agenciei, o contrato era ridiculo, as minhas obrigaçoes eram 5 paginas e as deles eram 4 linhas, ressabiados e agarrados.. Assim ñ vao longe.

António Segurado disse...

Posso dizer q a minha primeira e ultima experiencia com eles foi horrivel. Foi na campanha Úniqa da Delta. Foram muitas as Multiplas e consecutivas experiencias diarias, entre elas o nao poder fazer uma pausa para ir comer uma simples fruta... Ouvir musica de natal repetidamente... entre muitas. Multiplos e consecutivos erros apareciam nas contas que nos deviam, obviamente arredondados para o lado deles... Prometeram-nos 57€ por dia, mas ao fim ao cabo estávamos a receber 30(-5€ d refeiçao) e a trabalhar em prisoes onde nao podiamos estar à vontade para aquele trabalho supostamente criativo... Enfim, quem lá esteve sabe o que sofreu.
A mim ñ me queriam pagar. tive de lá ficar 7 horas, a justificar-me a dizer q ñ saía de lá enquanto n m pagassem. ja tinham passado os 3 meses de tolerancia e já me tinham obrigado a assinar os recibos sem me pagarem.Só pedia para me pagarem que ñ podia estar constantemente à espera, e que teria de deixar o caso ao meu advogado se ñ me pagassem ali na hora... lá me pagaram e pq lhes disse isto tudo e que estava a perder a confiança neles. Ainda me queriam agenciar.. obviamente lhes disso: se isto acontece na 1a experiencia c eles (para além de multiplas intrujices que sentimos depois de começarmos a trabalhar no projecto da delta q, onde até um grupo de facebook que criaram apagaram, porque começamos a manifestar-nos), imagino nas seguintes (apesar de já ter conhecimento de muitos casos em q deviam míseras quantias de trabalhos aos agenciados)... claro ñ n m agenciei, o contrato era ridiculo, as minhas obrigaçoes eram 5 paginas e as deles eram 4 linhas, ressabiados e agarrados.. Assim ñ vao longe. Contem comigo para acabar com esta injustiça.

maria vidigal disse...

por um lado, é bom saber que há muita gente na mesma situação. por outro, não entendo os anonimatos.
se houvesse mais gente a dar a cara, esta situação já estaria resolvida há anos.

zana disse...

Com alguma alegria leio estes comentários. Fazem sentir-me menos sozinha nesta luta inglória contra a WHO.

Desde Março 2011 que me devem...sem qualquer luz de esperança ao fundo do túnel. Não assinei qualquer tipo de contrato pois recebi o trabalho por email, enquanto estava fora do país. Entretanto o trabalho foi feito, os livros estão à venda, o cliente pagou à WHO e ...quanto a mim, nada!

A agência ainda se atreveu a fazer ameaças por causa de outros trabalhos que fiz com o mesmo cliente...quando esta não tem nada a ver com eles, visto que não assinámos contrato nenhum.

Agora, depois de falar com a DECO e mandar uma carta registada para a agência, dando a ordem para que o pagamento da dívida seja feito no prazo de 10 dias...a Who responde com a maior "cordialidade", pedindo para que eu estenda o prazo...por tempo indefinido.

Estou pelos cabelos. É só o que tenho a dizer. É uma injustiça, principalmente quando sabemos que o cliente pagou à agência, passado 8 dias...

Ainda por cima, no início no ano recebi bastantes telefonemas da agência, a pedir-me propostas para projectos cujo prazo de entrega era passado 3dias...e ainda assim os ajudei, criando propostas e/ou arranjando contactos de outros designers para o trabalho.

Nunca mais. Espero que fechem as portas, o mais rápido possível. Só desejo receber aquilo que me devem, pois a corda à volta do pescoço está cada vez mais apertada.

Susana de Campos Moraes

Ricardo Machado disse...

Fui agênciado pela Who até há cerca de três anos. Os trabalhos surgiam, os pagamentos não. Comecei a recusar executar os trabalhos até ao fim enquanto não me fossem pagas as horas de esforço criativo e execução. Não surtiu efeito qualquer tentativa minha. Os clientes eram prejudicados e o meu nome andou a ser indevidamente manchado no mercado devido à recusa em executar os trabalhos não pagos. Andei nesta situação durante muito tempo até me afastar voluntáriamente, pois além de me causar prejuízo, estar com o nome associado à Who não é um bom cartão de visita. A Who deve-me descaradamente uma avultada quantia de dinheiro, de trabalho feito e entregue. Restou apenas trabalho feito que insisto em colocar no meu portfolio como minha propriedade intelectual.

Anónimo disse...

Os comentários anónimos pouco ou nada servem.
Se estão a falar a verdade, que assumam os nomes. Senão, tudo é possível nesta caixa de comentários.

Belinha Fernandes disse...

É inacreditável! Recebo a newsletter deles, pensava que funcionavam bem!As pessoas fazem bem em denunciar.Ainda bem que li isto para não ter pena de não pertencer "ao clube"!

Nuno Fonseca disse...

Aqui está parte do que se passou entre mim e a WHO:

http://i-nunofonseca.blogspot.com/2011/01/prenda-da-ema.html

Rui disse...

Também tive vários problemas com eles!! Felizmente sempre me recusei a assinar o contracto por achar que tinha clausulas demasiado abusadoras e que iam muito contra o que me tinham explicado verbalmente. Ainda assim fiz 2 trabalhos com eles. Ambos foram pagos com mais de 1 ano de atraso e apenas depois de muito esforço e insistência, tendo sido necessário recorrer aos serviços de um advogado.
Se o objectivo da agência é promover e valorizar o trabalho dos criativos sinto que essa tarefa foi completamente falhada.

Rui Madeira

Alain Gonçalves disse...

http://www.youtube.com/watch?v=D0O3RDQ8RoI

er_duende disse...

O dinheiro que devem deveria ser do conhecimento dos clientes. Mas parece que eles não se importam muito com o que a Who faz com o dinheiro.
Eu cheguei a mandar uma carta a todos os clientes com quem tinha trabalhado através da WHO para tentar esclarecer a situação vergonhosa com que trabalhava. Expliquei qual era o seu método de trabalho e inclui as contas em dívidas (mais de 3000€). A rotulei de fraudolenta e recibi uma cartinha da sua advogada muito indigana e a me querer levar a tribunal, pelo que ainda tive de pedir desculpas!

Podemos nos juntar para lutar pelos nossos direitos?
Cordialmente
Amparo Losana

Anónimo disse...

E ISTO DEVE SER APENAS A PONTA DO ICEBERG

maria vidigal disse...

posso dizer que me encontro interessada e disponível para me unir a outras pessoas que queiram AGIR.
podem contactar-me facilmente através de facebook.

Anónimo disse...

podem ler aqui mais sobre as praticas comuns da Who:

http://fusivelativo.blogspot.com/2011/12/who-is-who.html

redfox disse...

Estou solidária com todos , pois também passei pelo mesmo, acho que nos deviamos unir e fazer algo drástico, mas com impacto e sem mais danos para nós, a união faz a força e é isso que falta no meio criativo...

Anónimo disse...

Devemos unirmo-nos , pois tb estou a passar pelo mesmo,fazer algo drástico em cjto ,e sem mais danos para nós...a união faz a força e é isso que falta no meio criativo...

TZB disse...

Também ando a lutar pelo pagamento de uma dívida...

Já lá vão uns mesinhos e ainda nada. Temos de passar à fase 2 e juntarmo-nos!

Anónimo disse...

Juntem-se e organizem-se!
Não tenham medo de reclamar o que é vosso!
Muitos colegas já o fizeram judicialmente e venceram.
Pelo menos da vergonha a WHO já não se livra.
Mas que grandes vigaristas!

Anónimo disse...

O mesmo se passa como já foi dito na Newssearch do "grupo" YoungNetwork! Uma vergonha!!!

Filipa disse...

Tinha um acordo verbal para trabalhar 4 horas diárias com a Who. Quando precisasse de sair para outros trabalhos, repunha as horas e vice-versa. Acontece que num mês acabei por trabalhar 133 horas, ficando as horas a mais em crédito. Conclusão: Não sei se algum dia irão pagar o que me devem. As horas a mais que fiz, já esqueci. Hoje lembrei-me de fazer uma pesquisa. E aparecem estas surpresas maravilhosas. Se quiserem façam uma consulta neste site do ministério, é só porem o NIF da WHO (504473271). O site é este:http://www.citius.mj.pt/Portal/consultas/ConsultasCire.aspx

Anónimo disse...

e mais um triste testemunho aqui:

http://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=644717612277372&id=103823476366791

Anónimo disse...

Fiquei sem receber de um trabalho que fiz com esta pseudo empresa, que se diz grande. Quero deixar aqui o meu testemunho, para quem queira fazer trabalho com esta gente. SÃO VIGARISTAS! Uma empresa que "borra a pintura"por uns míseros trocos. Nunca atendiam os telefones e diziam sempre que o cliente não tinha pago. Neste momento mudaram de site e logo, na tentativa de "lavarem" a cara. Podem reparar até que deixaram de ter o nº de telefone e morada, pois pelo que me diziam não gostavam se ser importunados por aqueles que queriam receber.São ladrões com razão! ERA CADEIA COM ESTA GENTE!

Anónimo disse...

Cada vez mais a verdade sobre esta vigarista Ema Cerveira/WHO vem ao de cima e já muitos clientes se recusam a compactuar com essa pouca vergonha.

ver mais aqui:

http://ganhemvergonha.pt/post/93692701893/de-acordo-com-a-sua-pagina-no-facebook-a-who-e

Anónimo disse...

Pergunto-me porque será que o concurso Sardinhas Festas de Lisboa 2015 este ano chega mais cedo, quando me lembro que em 2012, na Primavera existiu um concurso destes ligado à festa da Sardinha, no Bairro Alto, em Lisboa. Será que a Who(Nova Who ou velha,o quer que seja) irá pagar a "cada vencedor" deste concurso relacionado com este evento tradicional?
Os sites relacionados estão aqui:

https://www.facebook.com/WHO.Creative.Talents.Agency.Gallery/timeline

e

festasdelisboa.com

P.S. Este último link não menciona a empresa detentora do concurso.É no mínimo estranho...talvez estas empresas fictícias nunca acabem porque alguém com meios dúbios não o quer...