09 janeiro 2009

Testemunho

Venho denunciar uma situação que considero vergonhosa.....

Fui colaboradora em regime de recibos verdes da empresa P**cesl.

Há já algum tempo, e após participar em vários projectos, foi-me comunicado que, apesar de gostarem muito do meu trabalho, não tinham interesse na minha continuidade, segundo alegaram, por questões económicas.

Foi esta a justificação encontrada pela gerência para não me colocar nos quadros da empresa.

Acontece que nesta empresa, inúmeros são os colaboradores que entram e saem para não serem colocados nos quadros. E o mais vergonhoso é que a grande maioria com as mesmas habilitações literárias e para as mesmas funções.

Apesar de já não ter nada a ver com esta empresa, espero que o meu testemunho sirva para alertar a Inspecção Geral do Trabalho para esta situação e que façam uma investigação.

Averiguem por que razão os "recibos verdes" cumprem exactamente as mesmas regras dos restantes colaboradores e há quanto tempo estão nessa situação.

5 comentários:

Anónimo disse...

Ei pá, coloquem o nome da empresa.
É de quê?

FERVE disse...

Caro Anónimo:

Por questões legais, nunca colocamos o nome completo de empresas privadas.

Pelo FERVE;

Cristina Andrade

Anónimo disse...

É uma empresa de Consultadoria Ambiental

basilio disse...

O exemplo devia vir de cima quando não vem...
A administração publica e local fazem exactamente o mesmo.

Cumps

Anónimo disse...

Procesl, pertencem ao grupo Somague e não passam de uma cambada de vigaristas...