19 março 2009

Queima de Recibos Verdes - Sábado - 21 Março - 23h00 - em frente ao Piolho, no Porto

Este ano, o MayDay Porto vai assinalar o equinócio com uma fogueira na rua: será a queima dos recibos verdes.

Em Portugal, cerca de 900 mil pessoas trabalham como 'falsos' recibos verdes; são falsos trabalhadores independentes. Falsos porque deveriam ter um contrato de trabalho: cumprem horário, têm subordinação hierárquica e trabalham não em casa mas numa empresa ou num serviço do Estado.

Em Portugal, cerca de 900 mil pessoas não têm protecção social, não têm direito ao subsídio de desemprego, nem a protecção na doença. Muitas delas, acumulam dívidas imensas à segurança social e não têm sequer o direito de planear e organizar o futuro.

Porque estamos fartos vamos levar a nossa indignação à rua! Vem queimar os teus recibos!

Actualização: podem ver o vídeo da Queima de Recibos Verdes aqui.

13 comentários:

Anónimo disse...

Gostaria só de partilhar convosco a situação que vivi hoje. Fui ao ACT para me informar acerca dos meus direitos, uma vez que sou mais uma trabalhadora a falsos recibos verdes. Passei lá o dia inteiro, primeiro para ter vez, uma vez que apenas distribuem 15 senhas por dia, sendo que o atendimento é dia sim, dia não, depois o resto do dia para ser atendida. Quando finalmente chega a minha vez, quase a rondar as 18 horas, logo que digo que sou 1 falso recibo verde e que me encontro a trabalhar para um instituto público, a 1ª coisa que a Dr.ª me diz é que não me pode atender porque não podem atender ninguém que trabalhe para o estado, porque se assim fosse também resolveriam as situações internas, uma vez que também há juristas nestas condições a trabalharem no ACT. Nem olhou para os documentos que levei, nem para me dar 1 opinião. Apenas me aconselhou a consultar 1 advogado dessa área e que metesse o Estado em Tribunal, porque ali não podem fazer nada. Como devem calcular, fiquei fula. E é a isto que chamam DEMOCRACIA. Na escola não foi isto que me ensinaram.

Anónimo disse...

Não é isto Democracia nem é isto um Estado de Direito e, acima de tudo, o que conta é algo anti-inconstitucional, pois as leis quando aparecem é para todos e os serviços públicos devem servir a todos.

Anónimo disse...

Tudo isto é uma miséria. Se as saídas não aparecerem é de esperar tudo. Um povo sem esperança é um povo amaldiçoado. Os recibos deviam ser queimados como livros proibidos (não com a mesma intenção que noutro contexto histórico); mas propunha um novo local, em S. Bento. Devia ser como que uma pira funerária.

Luís.

Anónimo disse...

Não tenho qualquer perspectiva de estabilidade na minha vida. Uns têm tudo, outros nada.

A limitação das pensões de reforma a 2000€ é uma obrigação moral. Os partidos políticos só defendem os instalados. O Louçã chegou a dizer que quem ganha 5000€ não é rico! Louçã é fascista!

Quem defende a redução dos n/ descontos e a limitação das pensões de reforma a 2000€ que é muito mais do que eu alguma vez ganhei em algum mês da minha vida?

Anónimo disse...

O que é o/a ACT?

Anónimo disse...

ACT - AUTORIDADE PARA AS CONDIÇÕES DE TRABALHO (MAIS UMA NULIDADE EM PORTUGAL - NÃO FAZEM NEM PODEM FAZER NADA PORQUE AS LEIS EM PORTUGAL PROTEGEM OS RICOS E OS FORTES E APENAS ATIRAM A AREIA PARA OS OLHOS DOS FRACOS E OPRIMIDOS

SEM UMA REVOLUÇÃO ISTO NÃO AVANÇA

a Besta Bestial disse...

Estou pronta para queimar os meus. Quem alinha?

Anónimo disse...

os Recibos Verdes vieram para ficar...são uma praga...uma forma de exploração de mão de obra...

não existe hipotese para a geração que está agora entre os 20 eos 35 anos...

quem abdicar deles, ainda vai ficar mais precário..pois sem eles ninguém dá trabalho...ou trabalha a RV ou nada...é o portugalinho que temos...

vale apena insistir em estar em portugal?
qual a motivação para continuar a lutar?
quais os resultados a curto ou médio prazo para os jovens q têm a vida em banho maria e a viver com ajuda de familiares?

Anónimo disse...

Deixem lá os recibos.. queimem os que inventaram esta praga..
;)

Anónimo disse...

Façam como na França, se for preciso, queime-se mais alguma coisa juntamente com os recibos...

Anónimo disse...

Realmente Louçã é Fascista não é a primeira nem a segunda pessoa que assim o diz...
Se a esquerda não nos apoia ? quem nos apoiará ?
É tudo fascista, mas os fascistas de esquerda são muitissimo piores que os fascistas de direita, mal por mal, mais vale votar na direita, são mais humanos,mais liberais e mais democráticos, tirando o presidente da republica, claro...
mal por mal... Há fascistas e fascistas, « ora se são todos são fascistas e a maioria deles são até de esquerda, mais vale votar na direita liberal »...

Anónimo disse...

peço desculpa, mas acho que interpretaram mal as palavras do Louçã. Sem querer advogar, tenho ideia dessa frase há uns tempos, e era neste sentido: 5000€ deveria ser visto como um valor normal e só em países onde se ganha miseravelmente é que se pode considerar essa quantia como sendo riqueza. A ideia é que não deveríamos aceitar 5000€ como sendo um grande salário, mas o valor mais próximo do que todos deveríamos estar a receber. Onde o salário mínimo é 1000€, 5 mil já não é tão distante, logo, não é riqueza...

Não sou partidária nem nada, mas incomodou-me a descontextualização

Anónimo disse...

Em 2008 trabalhei apenas um mês a recibos verdes a distribuir papeizinhos nas caixas de correio, ganhei 200 euros, e foi o unico rendimento que obtive em 2008.
Agora continuo desempregado e tenho de pagar 75 euros de IRS.
Não recebo subsidio de desemprego e o rendimento minimo também não recebo porque a SS diz que a familia é que tem a obrigação de me sustentar... Queria rendimento minimo ? Vá trabalhar seu malandro, é a resposta que me dão na SS !
Já enviei mais de 1000 curriculos até no Mcdonalds para fritar batatas não tem vagas...
Frequentar estágios Profissionais ? só se for na "Quimonda" talvez ai aceitem estagiarios, porque todas as empresas que eu conheço não estão a aceitar estagiarios nessas medidas de estagios profissionais, pois no caso dos licenciados as empresas tem de pagar 50% da bolsa de estagio ou seja 425 euros, pois o total da bolsa de estagio são 850 euros, e as empresas não podem acarretar com essa despesa, pois estão a dispensar pessoal... esses estagios profissionais funcionam sim numa empresa ou outra em que metem um familiar e ai bem combinados não precisam de pagar os tais 50 % da bolsa de estagio durante 12 os meses...
Por essa razão esse dinheiro está todo a voltar para trás, tirando esses casos em que metem alguem de confiança...
Acabaram com a formação financiada para desempregados neste governo, e depois admiram-se que a juventude sem ocupação que ande por ai a fazer eu sei muito bem o quê ...
Nos outros Governos os desempregados podiam frequentar acçoes de formação, sempre ganhavam algum, era uma ajuda e estavam ocupados, mas agora não... os jovens andam por ai completamente perdidos a fazer o que eu bem sei...
Desempregado Licenciado