21 fevereiro 2009

120 jornalistas em greve na Controlinveste

Os trabalhadores dos quatro jornais da Controlinveste (“Jornal de Notícias”, “Diário de Notícias”, “24 Horas” e “O Jogo” - decidiram apresentar um pré-aviso de greve de 24 horas para 4 de Março.

A decisão surgiu na sequência de duas reuniões dos trabalhadores do Porto e de Lisboa, convocadas para debater formas de luta contra a decisão do grupo, gerido por Joaquim Oliveira, de despedir mais de cem colaboradores. Os trabalhadores consideraram "inaceitável a intransigência das empresas" Global Notícias, que publica o “Diário de Notícias”, o “Jornal de Notícias” e o “24 Horas”, e Jornalinveste, responsável pelo “O Jogo”, segundo referem na moção.

"Os trabalhadores e os seus representantes têm demonstrado uma enorme abertura negocial (...) e estão disponíveis para discutir inclusivamente soluções que afectem temporariamente os seus direitos e mesmo os seus rendimentos", admitem. No entanto, acrescenta a mesma moção, "as empresas mantêm posições irredutíveis e não cederam no seu propósito de consumar os despedimentos colectivos".

Podem ler a notícia na íntegra
aqui.

2 comentários:

Anónimo disse...

Infelizmente muitos dos jornalistas da controlinvest não vão poder participar na greve devido ao medo de represálias. Os números da greve não transparecerão o descontentamento e os ínumero abusos a que os trabalhadores da empresa estão sujeitos.

a Besta Bestial disse...

"Infelizmente muitos dos jornalistas da controlinvest não vão poder participar na greve devido ao medo de represálias"!!!
E os outros não participarão porque não é nada com eles. Assim vai este triste país.
Se todos se unissem quero ver como fariam os administradores. Despediam a redacção inteira? Talvez fossem eles escrever as notícias.